Tipo 4 – O Romântico

A pessoa

Na sua infância, poderá ter tido sensações de abandono o que lhe poderá ter causado, enquanto adulto, um sentir frequente ou permanente de perda e de privação. Assim, criou a regra de que para ser merecedor de amor, respeito e aceitação deveria ser único e especial, permanecendo focado na busca do amor inalcançável, no que porventura já teve e perdeu, reflectindo o protótipo do romantismo trágico tão querido da literatura.
Então, a sua atenção ficou focada na procura do distante, do original inacessível evitando o usual.
A atracção pela melancolia e o gosto pelo que falta provocam uma insatisfação pelo que está presente e desvalorização pelo que alcança –“… só estou bem onde não estou, só quero ir onde não vou…
Têm uma natural sensibilidade para as emoções, que expressão de forma franca e genuína, e que, pela sua profundidade, pode levá-lo a oscilações de humor e a estados depressivos que, para uns são tidos como uma fatalidade, passando dias isolados, enquanto outros entram em hiperactividade contínua. Outros há ainda que canalizam toda a sua emotividade para a exploração artística ou para o aprofundar da experiência humana. A exploração artística ajuda-o a expressar o seu sentido estético e o bom gosto, disfarçando a sua baixa auto-estima.
Pela sua facilidade de aprofundar as emoções, têm grande capacidade de apoiar outros em situações de dor e sofrimento.

O profissional

Quando ocupa um lugar de direcção, poderá implementar um estilo inconfundível, quer na imagem física quer na aparência e clima emocional da organização.
Em geral, tem tendência a desvalorizar regras e regulamentos, os quais acredita não são aplicáveis a si, não obedecendo e mostrando algo de rebeldia. Se dependente de uma autoridade, em particular se ela for restritiva, tende a acentuar essa rebeldia quebrando todas as regras de comportamento e, tanto quanto possível, a escapar impunemente.
Pela sua sensibilidade, têm facilidade em perceber talentos e amplitudes de sentimentos nos outros, não se deixando iludir por representações.
Pelo seu sentido estético, facilmente transforma uma apresentação enfadonha em algo belo e, pela sua sensibilidade, vêm potências possibilidades numa situação comercial.
Por outro lado, é competitivo pelo respeito das autoridades, podendo tornar-se rancoroso quando não reconhecido e não gosta de ser serviçal.

Características da personalidade

positivas

a melhorar

ScreenShot083 Sensíveis
ScreenShot083 Criativos
ScreenShot083 Detalhistas
ScreenShot083 Exigentes
ScreenShot083 Expressivo
ScreenShot083 Originais

ScreenShot083 Instáveis
ScreenShot083 Críticos
ScreenShot083 Mordazes
ScreenShot083 Queixosos
ScreenShot083 Pouco Objectivos
ScreenShot083 Intenso

Personalidades do tipo 4 – Martha Graham, Keats, Shelley, Alan Watts, Joni Mitchell, Orson Welles, Bette Davis, Joan Baez, Marlon Brando

 

 

Os textos descritivos dos tipos são um breve resumo baseados em: Palmer, Helen, “O Eneagrama – compreendendo-se a si mesmo e aos outros em sua vida”, 2ª edição, Edições Paulinas, SP, Brasil.
Fonte do quadro “Características da Personalidade”: Eneacoaching.

Top